Despertando a Luz Circundante | Kabbalah Centre Portugal

Despertando a Luz Circundante

Despertando a Luz Circundante

Despertando a Luz Circundante

Por Yehuda Silvan
 

Durante o mês de Virgem, temos que limpar nossa consciência; durante Rosh Hashanah plantaremos as sementes da consciência; e no Yom Kippur vamos reescrever o script do nosso filme para o próximo ano. No entanto, se queremos revelar todo o nosso potencial e alcançar a altura a que nos destinamos alcançar no próximo ano, ainda está nos faltando um componente muito importante. Esse componente é a unidade, a motivação, a ser tudo o que podemos ser. De onde vem a motivação de uma pessoa para tamanha grandeza? Por que é que uma pessoa está tão motivada a conseguir mais, enquanto uma outra está satisfeita e complacente?
 

Sukkot é uma janela cósmica muito simples e alegre. Ele não requer muito esforço, mas tem em si um imenso dom inestimável.

Em Sukkot, temos a oportunidade de despertar a Luz circundante (Ohr Makif). Os kaballistas explicam que há diferentes qualidades de luz presente em nossas vidas.

• Luz Interior é a Luz que já ganhamos. Ela é composta de todas as lições de vida e realizações que se tornaram uma parte inseparável de quem somos.

• Luz Circundante, é a Luz do nosso potencial. É tudo o que podemos ser, e que estamos destinadas a ser.
 

É de nossa natureza estar confortável. Queremos estar parados e sem movimento, porque essa é a nossa essência e está na origem da nossa existência. Infelizmente, qualquer conforto ou paz de espírito que experimentamos antes de efetivar a nossa Luz Circundante é uma ilusão destinada a nos deixar em dor. A única maneira de alcançar a tranquilidade e a verdadeira, paz de espírito duradoura é através de manifestar a nossa luz ao redor. Sukkot é uma janela cósmica de sete dias que desperta nossa luz circundante. Se estamos conscientes desse dom, podemos – na medida em que agradecemos a oportunidade - usar esse tempo para despertar a verdadeira fome espiritual, uma maneira intransigente de alcançar a grandeza. Chega de se conformar com menos, chega de contemporizar e chega de negociar com nosso Oponente.


Sukkot nos dá o poder de manifestar todo o trabalho duro que temos feito desde a Lua Nova do mês de Virgem. Todas as sementes, todas as orações e todo o potencial que temos pode ser transformado em ações usando a energia que recebemos em Sukkot.

A Torá nos diz que em Sukkot nos conectamos à verdadeira alegria. Na verdade, é a única janela cósmica que a Torá afirma especificamente nos conectar à alegria.

O que tem a Luz Circundante a ver com a verdadeira alegria? Nós vivenciamos a alegria de tantas coisas diferentes, então por que a Torá nos diz que só em Sukkot podemos nos conectar com a verdadeira alegria?
 

A Kabbalah nos ensina que uma das coisas mais dolorosas para a alma é a falta do desejo de se conectar à Luz. Quando perdemos a nosso caminho e a nossa motivação para crescer e se conectar para além do ponto em que nos encontramos atualmente, inevitavelmente acabamos caindo e perdendo o que sentimos que era suficiente para nós. Sentir-se "cheio" e estar complacente é o maior inimigo da nossa alma, entretanto, o oposto - o sentimento de motivação constante para nos encher de luz - é o melhor amigo da nossa alma. Quando estamos ansiando ativamente para a Luz, quando buscamos a Deus em cada ação e cada respiração, estamos em sintonia com o propósito de nossa vida. Não há maior alegria do que estar “com fome” pela Luz, e é por isso que, em Sukkot, temos a oportunidade de conectarmos com a verdadeira alegria duradoura.