Poder da Segunda Oportunidade | Kabbalah Centre Portugal

Poder da Segunda Oportunidade

Sarah Yardeni
 

O que faria de uma segunda oportunidade? Uma oportunidade para se redimir. Uma oportunidade para corrigir. Uma oportunidade para fazer as coisas de maneira diferente. Todos cometemos erros, mas o verdadeiro erro é não acreditar que podemos ter uma segunda oportunidade – não importa o quanto estragamos tudo.

 

Acreditar que não teremos uma outra oportunidade é uma ilusão poderosa. É normalmente quando estamos a reviver um erro – quer seja quando tentamos desesperadamente corrigi-lo ou apenas desistir – que estragamos de novo. Porquê? Porque não mudamos a nossa consciência.

Nós temos uma segunda oportunidade porque o mundo tem como base a misericórdia e isso é algo que temos de nos lembrar.

 

Quantas vezes desistimos dos outros ou de nós próprios? Vemos os nossos erros como o fim da história mas a Luz dá sempre uma segunda oportunidade. De facto, ganhamos mais do que uma segunda oportunidade. Como o Rav Yehuda Ashlag explica em The Wisdom of Truth, realmente as nossas almas têm muitas oportunidades para o fazer bem através da reencarnação:

"Ao contrário dos corpos que vêm e vão, não há almas novas. Há um número específico de almas e estas mesmas almas são reencarnadas em novas formas, revestidas em novos corpos em cada geração. E assim, tendo as almas em consideração, cada geração é testada desde o início da criação até o Tikun estar completo. Como uma única geração que perdura milhares de anos até se desenvolver, chegar ao ponto de Tikun e atingir o nível pretendido, independentemente do facto de que entretanto cada indivíduo mudou de corpo alguns milhares de vezes já que a essência do corpo, chamada alma, não sofre de modo algum com estas mudanças.

 

Tikun significa correção. É usado para descrever o nosso trabalho espiritual – o reativo, egoísta, partes limitadas de nós próprios e que viemos a este mundo para transformar. Quando fazemos coisas a partir de uma consciência renovada, então o resultado será diferente.

 

Às vezes deparamo-nos com a mesma situação vezes sem conta e sentimo-nos frustrados ou até aborrecidos. Estes cenários recorrentes são realmente oportunidades para transformar a nossa consciência de nível inferior – medo, egoísmo, agenda, etc. – para uma consciência superior de confiança, partilha e amor incondicional. Para fazer isso, precisamos de colocar grande esforço entre os nossos desafios para mudar na verdade, para quando surgirem de novo, estarmos prontos a enfrentá-los de maneira diferente.

 

Enquanto ainda respiramos, temos uma segunda oportunidade e uma terceira oportunidade. Temos uma oportunidade em cada segundo de cada dia.
 

Para ler mais sobre a sabedoria da kabbalah faça clique aqui