O Caminho para um Novo Começo | Kabbalah Centre Portugal

O Caminho para um Novo Começo

Como se sente quando lê estas três palavras? O que é que isto lhe traz à cabeça? Uma ardósia limpa, talvez. Uma possibilidade de fazer as coisas de maneira diferente. Uma versão nova e melhorada de nós mesmos, das nossas vidas, e talvez até mesmo do nosso mundo. Esta é precisamente a possibilidade que esta semana nos oferece. Este período de 7 dias é uma viagem de possibilidades, em que o universo nos dará amplas oportunidades de considerar e reconsiderar como gostaríamos que as nossas vidas fossem e, talvez o mais importante, como nós mesmos gostaríamos de ser diferentes.


A porção desta semana, Masei, é sobre as jornadas dos israelitas no deserto – daqui até ali, até ali – durante quase toda a leitura. Estas são cidades que nem sequer já existem, pelo que a um nível superficial a história parece não fazer muito sentido. Ela implica a pergunta: como é que isto se inclui na nossa vida?
Mas se contarmos quantas vezes eles foram de cidade em cidade, descobrimos que existem 42 paragens mencionadas em Masei. Como alunos da Kabbalah, muitos de nós entendem que o número 42 representa a Ana Beko´ach. Esta é uma conexão tão poderosa porque os kabbalistas dizem-nos que o mundo foi criado com estes 42 instrumentos místicos e que estas letras controlam a totalidade da Criação. O que isto significa para si e para mim é que esta semana há uma energia permeando no cosmos que nos dá a capacidade de voltar ao início - o nível de semente da nossa própria criação - para sermos revigorados e começar de novo.


Esta é uma altura fortuita, obviamente, e a qual nós queremos utilizar. Tal como não iríamos realizar um concerto num palco em frente de um milhão de pessoas sem termos ensaiado, não queremos entrar nesta semana despreparados. Nós também precisamos de ensaiar para um novo começo.


Não é uma coincidência que esta semana seja o início, o nível de semente, e também o mês de Leão, conhecido por ser um dos meses mais intensos do ano, como são as pessoas nascidas sob a influência deste signo (se conhece qualquer Leão sabe o que quero dizer, Rav Berg era um Leão); Nem é coincidência que esta leitura ocorra durante as três semanas conhecidas como Ben HaMetzarim, que é um período em que uma única ação positiva pode ser muito mais poderosa do que noutra altura do ano qualquer.


Esta semana, peço a todos os nossos alunos e a muitos membros da nossa comunidade espiritual global que encontrem uma ação para praticar todos os dias e que sirva para melhorar as coisas. Pode passar por fazer um telefonema diário aos seus entes queridos. Pode ser levar o pequeno-almoço todos os dias a um sem abrigo. Ou doar através das suas redes sociais uma quantidade mínima de dinheiro (um pouco feito por muitos é imenso) para ajudar alguém necessitado. Poderá ser tão simples como ajudar a vizinha idosa a recolher o jornal todas as manhãs, ou tirar algum tempo todos os dias para meditar, ou ir a um ginásio para iniciar um plano para ter uma saúde melhor, ou scanear o Zohar. Encontre só uma coisa. Faça algo que você sabe que pode fazer, e comece o mais rapidamente possível.


Com cada pessoa a empreender uma única ação positiva para enriquecer as suas próprias vidas e as vidas dos outros diariamente, podemos chegar a este novo começo fortalecidos, e com muito mais energia positiva no mundo a demonstrá-lo. 

 

Por Karen Berg